– O capítulo 23 do Livro de Levítico esboça de maneira resumida e cronológica as sete festas solenes instituídas por Deus.

– Cada festa com seu significado soma-se a outra para contar de forma universal e profética o plano de Deus para salvar o ser humano.

– Dessa forma, elas assumem um significado mais abrangente na história tipificando a obra salvadora de Jesus.

AS SETE FESTAS    

1- Páscoa

2- Pães Asmos

3- Primícias

4- Pentecostes

5- Trombetas

6- Dia da Expiação

7- Tabernáculos

1ª – FESTA DA PÁSCOA – instituída quando os hebreus foram libertados da escravidão do Egito (Ex. 12).

– Um cordeiro era morto no dia quatorze do primeiro mês (Abib) do calendário hebraico.

– Foi comida pela 1ª vez quando ainda os hebreus eram escravos no Egito.

– Foi a última refeição comida como escravos, às vésperas da saída do Egito.

DOIS SIGNIFICADOS BÁSICOS DA PÁSCOA:

  1. JUÍZOS DIVINOS – sobre os ímpios – aqui personificados pelos egípcios.
  2. MEMORIAL DE SAÍDA – Graça e livramento de Deus sobre o seu povo.

A LIBERTAÇÃO DA ESCRAVIDÃO NO EGITO

      1 – Por 430 anos os hebreus sofrerão pesado jugo dos Egípcios