“Olha à minha direita e vê, pois não há quem me reconheça, nenhum lugar de refúgio, ninguém que por mim se interesse.
A ti clamo, SENHOR, e digo: tu és o meu refúgio, o meu
quinhão na terra dos viventes.”
– Salmo 142:4-5

SOLIDÃO – Nem sempre resulta da ausência de pessoas nas imediações. Pode ser um sentimento de não existir para ninguém como se estivéssemos ilhados, cercados de pessoas por todos os lados. O salmista já se sentiu assim. Comunhão é o antídoto do Espírito Santo para esse sentimento que acomete milhões nesse momento.