É assim chamado porque tinha a forte consciência de que seu povo seria uma nação messiânica para o mundo, Isto é, de sua nação viria para todo o mundo o ‘MESSIAS”, a grande e prodigiosa bênção de Deus para todas as nações.

O profeta Isaías sonhava com o tempo em que aquela maravilhosa obra seria realizada entre as nações. O Novo Testamento diz que Isaías “viu a glória de Cristo e d’Ele falou” (Jo 12.41)