Temos grandes preconceitos gerados a partir das aparências. E os feios são sempre colocados para escanteio. Nas histórias infantis podemos encontrar situações hipotéticas onde, princesas que perdem o medo e o preconceito dos sapos, transformam-nos em príncipes quando conseguem amá-los. A beleza de verdade, nem sempre será perceptível pelos olhos humanos, mas apenas pelo coração. Olhem os “feios” com bons olhos. Pode ser que descobrirá príncipes.